Atenção! O Portal dos Bancários RS utiliza cookies neste site, eles são utilizados para melhorar a sua experiência de uso e estatísticos.

#DIVERSIDADES | 09/11/2023
CGROS pede retorno do grupo ao Comando Nacional dos Bancários

Eu reunião na tarde desta quinta-feira (09/11), na sede do SindBancários Porto Alegre e Região, a Comissão de Gênero Raça e Orientação Sexual (CGROS) da Contraf-CUT debateu vários pontos que haviam ficado pendentes na reunião passada, entre eles o  pedido, que será encaminhado à Confederação, de que a Comissão volte a participar das mesas de negociação com a Fenaban. "Antes da pandemia, tínhamos sempre um representante da CGROS. Agora queremos retornar pois há pautas muito importantes sobre diversidade que precisamos colocar em debate e acompanhar de perto", justificou Isis Garcia, diretora da Fetrafi-RS, representante do RS na CGROS e secretária de Combate ao Racismo da CUT-RS. 

Outro encaminhamento do grupo é de que a Contraf-CUT, as federações e os sindicatos criem coletivos separados para tratar de questões relacionadas aos seguintes temas: Combate ao Racismo, LGBTQIA+ e PCDs. "Na Contraf-CUT, a criação do Coletivo de LGBTQIA+ está em processo bem avançado", anunciou a secretária da Juventude, Bianca Garbelini, que falou sobre o impacto dos recortes de raça e orientação sexual na busca do primeiro emprego. De acordo com os relatos dos presentes, o Sindicato dos Bancários de Brasília já criou esses coletivos e na Bahia e Sergipe está sendo articulada a criação do Coletivo de LGBTQIA+. 

A CGROS definiu ainda pelos seguintes encaminhamentos:

* Criar duas campanhas: uma de conscientização e respeito à diversidade e outra para incentivar a contratação de pessoas negras e PCDs nos bancos;
* Organizar cursos de formação política para mulheres e seminários sobre Combate ao Racismo, LGBTQIA+ e PCDs;
* Criação de uma cartilha do CGROS;
* Retomar a campanha "Uma dirigente liberada a mais" e fomentar o debate dentro dos sindicatos e dasfederações sobre a importância das mulheres ocuparem cargos de poder e decisão nas diretorias sindicais.

Na segunda parte da reunião, o grupo tratou dos preparativos para o VII Fórum Nacional pela Visibilidade Negra no Sistema Financeiro, que acontece nesta sexta e sábado (10 e 11 de novembro), na sede do SindBancários, em Porto Alegre. 

A reunião contou com a presença dos secretários de Combate ao Racismo e de Políticas Sociais da Contraf-CUT, Almir Aguiar e Elias Jordão, respectivamente; e da diretora da Mulher Trabalhadora da Fetrafi-RS, Cristiana Garbinatto, entre outros representantes de sindicatos e federações de todo o Brasil.

       

     

     

 

Texto e fotos: Maricélia Pinheiro/Verdeperto Comunicação

OUTRAS MATÉRIAS
#NOVOPCFS | 06/12/2023
Banrisul estuda proposta do movimento sindical de cancelamento do novo PCFs
Comando Nacional dos Banrisulenses considera muito importante a direção do Banrisul estar disposta a dialogar sobre o assunto. No entanto, até que o impasse seja resolvido, a orientação segue sendo: NÃO MIGRE
#MENOSMETASBANRISUL | 06/12/2023
Banco nega metas abusivas, não recua e debate fica congelado
Das três demandas trazidas para a mesa pelo movimento sindical, Banrisul atende apenas uma e gera um impasse na negociação.
#SÁUDECAIXA | 06/12/2023
Proposta de aditivo é aprovada pela maioria dos sindicatos 
Apenas São Paulo ainda não computou os resultados, pois assembleia foi suspensa e será retomada na sexta-feira (08/12)